Cabelo masculino x cabelo feminino: veja a diferença!

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Homens e mulheres, sem distinção são afetados pela calvície. Entretanto, o cabelo masculino é o mais afetado pela queda, cerca de 40% dos homens sofrem com isso antes dos 35 anos, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar. Sobretudo, no caso das mulheres, cerca de 25% das brasileiras entre 35 e 40 anos têm o problema.

Apesar da queda de cabelo ser comum ocorrer em ambos os sexos, a doença possui características diferentes em cada um deles. Por isso, neste artigo, vamos falar sobre as particularidades da queda de cabelo masculino e feminino.

Características da calvície no cabelo masculino

A associação entre a carga genética e a ação dos hormônios masculinos é o principal fator causador dos problemas no cabelo masculino. Por isso, a proporção de acometimento da doença é maior nos homens.

Em resumo, essa associação promove a atrofia dos folículos capilares, acelerando a queda dos fios. Nos homens a calvície costuma ser mais acentuada e ocorre de forma mais rápida. No entanto, é possível notar os primeiros sinais de calvície principalmente nas têmporas e no topo da cabeça.

Além disso, o cabelo masculino pode começar a cair já na puberdade, entretanto, 90% dos que possuem o gene da doença apresentam sintomas a partir dos 40 anos.

Queda de cabelo nas mulheres

As mulheres também sofrem com a influência do fator genético, quando se trata de queda de cabelo. Por outro lado, a associação com o problema pode ser feita com as alterações hormonais que ocorrem durante a gravidez e a menopausa. Aliás, no sexo feminino, a calvície acontece de forma lenta e gradual, começando com o afinamento dos fios e a perda difusa.

Por outro lado, os primeiros sinais de calvície também podem aparecer já na adolescência, devido a algum desequilíbrio hormonal, como por exemplo, em casos de síndrome de ovário policístico. Além disso, as mulheres têm os sinais da queda de cabelo mais discretos. O cabelo vai ficando ralo no topo da cabeça, deixando o couro cabeludo mais aparente.

Tratamentos para calvície

Existem inúmeros tratamentos que prometem acabar com a queda de cabelo. O mais comum é que os pacientes passem a tomar medicações que podem amenizar a condição. Entretanto, duvide de receitas caseiras e jamais faça uso de automedicação para recuperar o cabelo perdido.

Por outro lado, o único tratamento capaz de solucionar de uma vez por todas a calvície, é o transplante capilar. Aliás, o procedimento pode ser associado a outros tipos de tratamento para acelerar o processo de crescimento dos fios. Em resumo, existem duas técnicas mais conhecidas para realizar a cirurgia de transplante: FUT e FUT.

As duas consistem na retirada dos folículos capilares de uma área doadora, em que os fios encontram-se saudáveis. Em resumo, durante a cirurgia, que é feita com anestesia local, os folículos retirados são transplantados para a área afetada pela queda de cabelo.

A diferença entre os procedimentos é que a FUT consiste na retirada de uma faixa do couro cabeludo, deixando uma cicatriz mais aparente. Por outro lado, a técnica FUE, faz a retirada dos folículos fio a fio, fazendo com que a cicatriz fique mais discreta.

Quer ficar por dentro de todas as informações sobre as técnicas de transplante capilar? Visite e curta a nossa fanpage no Facebook.

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Enquanto isso, saiba mais sobre Transplante Capilar e seus resultados.


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *