Transplante capilar fue: saiba mais

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Com a técnica de transplante capilar FUE é possível fazer um procedimento com o mínimo de cicatrizes. Por isso, é uma das mais procuradas para a reversão da calvície. Essa cirurgia também garante uma recuperação rápida da área doadora. Saiba mais sobre o procedimento no artigo desta semana.

São diversos os fatores causadores da calvície. Entretanto, para tudo tem solução e para a queda de cabelo também. Aliás, a técnica de transplante capilar fue (Follicular Unit Extraction). E é sobre isso que falaremos neste post.

Cicatrizes mínimas com o transplante capilar fue

Com a técnica de transplante capilar fue é possível fazer um procedimento com o mínimo de cicatrizes. Por isso, é uma das mais procuradas para a reversão da calvície. Essa cirurgia também garante uma recuperação rápida da área doadora.

Como funciona

O transplante capilar fue é um método em que o médico utiliza instrumentos específicos para fazer o procedimento, que exige mais prática e habilidades do profissional.  Em primeiro lugar as unidades foliculares são removidas uma a uma da área doadora.

A princípio, a retirada é feita na nuca e nas laterais superiores das orelhas. Entretanto, é fundamental que essa área não seja sensível a alopecia androgenética. Afinal, isso garante que o resultado do procedimento seja um sucesso.

Em seguida, as unidades são transplantadas para a área receptora através de micro incisões no couro cabeludo. Não há necessidade de cortes, por isso a cicatriz não é linear. A vantagem da técnica é que não deixa marcas tão aparentes, apenas pequenos pontos.

Apesar de o transplante capilar fue ser muito eficiente e trazer resultados permanentes contra quase todos os tipos de calvície, a técnica não é indicada para alopecia areata. Isso porque a doença faz com que o próprio organismo destrua os fios e pode voltar a qualquer momento.

Pós-operatório do transplante capilar fue

Para que os resultados do procedimento sejam um sucesso, é necessário que o paciente siga à risca todas as recomendações médicas. Ou seja, é necessário tomar os remédios indicados nos horários certos e dormir com a cabeça elevada nos três primeiros dias após a cirurgia.

Além disso, é necessário fazer a primeira lavagem dos cabelos no dia seguinte e no consultório, para receber as orientações de como fazer em casa. Do mesmo modo, evitar exercícios físicos nos quinze dias subsequentes ao procedimento também é uma das indicações para ajudar na recuperação do transplante capilar fue.

As atividades normais do dia a dia e o retorno ao trabalho estão liberados normalmente após a cirurgia. Contudo, é necessário evitar a exposição ao sol, praia e piscina. Após 15 dias, os fios transplantados irão cair e começarão a nascer normalmente. Os resultados começam a aparecer já nos próximos três meses seguintes.

Possíveis riscos

Não existem muitos riscos ao fazer o transplante capilar fue, por se tratar de um procedimento pouco invasivo e sem grandes incisões. Entretanto, os mais comuns são os hematomas, inchaço na área e coceira.

Além disso, a anestesia é local, apenas para fazer com que o paciente esteja relaxado durante o procedimento. Também não há nenhum risco de rejeição dos fios transplantados, já que a doação é feita pelo próprio paciente.

Mas, para garantir que tudo saia conforme o planejado, é importante que o paciente escolha profissionais qualificados e que tenham experiência em realizar a técnica.

Quer saber mais sobre as técnicas existentes? Confira nosso guia sobre transplante capilar. Aproveite também para curtir a nossa página do Facebook.

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Enquanto isso, saiba mais sobre Transplante Capilar e seus resultados.


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *