Transplante capilar: tudo o que você precisa saber

Fale Conosco Pelo Whatsapp

Transplante capilar: tudo o que você precisa saber sobre o procedimento

O transplante capilar é uma técnica utilizada para acabar de uma vez por todas com a calvície. Em resumo, durante o procedimento, os folículos capilares são retirados de uma região doadora e realocados na área em que há a calvície. É a forma mais eficaz e definitiva de acabar com a queda de cabelo.

Diferença entre implante e transplante capilar

Muitos acabam confundindo o implante com o transplante capilar. Mas, há uma grande diferença entre os dois procedimentos. Em resumo, o primeiro utiliza-se de fios artificiais, feitos de material sintético para preencher a área calva. Ou seja, não haverá crescimento dos fios após a cirurgia.

Já o transplante capilar, é feito com fios doados pelo próprio paciente. Ou seja, os folículos saudáveis são retirados da área doadora, que geralmente é a parte de trás da cabeça, e transplantados para a região onde ocorre a calvície.

Sendo assim, após o procedimento e o tempo de recuperação, os fios tendem a crescer normalmente.

Técnicas

Existem várias técnicas utilizadas para realizar o procedimento de transplante capilar. As mais conhecidas são a FUE e a FUT.

FUE (Follicular Unit Extration): extração de unidades foliculares, como é traduzida a técnica em português, consiste em remover os fios, um a um, de uma região doadora, onde há densidade de folículos. Este método é um dos mais procurados, afinal, não deixa uma cicatriz linear.

A remoção dos fios é feita com orifícios bem pequenos, medindo cerca de 0.8 mm. Além disso, ela também é indicada para pacientes que não têm boa elasticidade na região doadora. Em apenas 7 dias, os pontos da cirurgia já estão fechados.

FUT (Follicular Unit Transection): trata-se de um método em que é retirada uma faixa de couro cabeludo, medindo cerca de 20 centímetros de comprimento. O resultado é uma cicatriz linear que fica escondido entre os fios do cabelo.

Pré-operatório

Antes de fazer o procedimento, é fundamental que o paciente saiba que serão necessários alguns cuidados pré-operatórios. Por exemplo, qualquer utilização de medicamentos deve ser informada ao cirurgião que irá realizar o procedimento. Juntamente com os medicamentos, tomar bebidas alcoólicas, consumir drogas e fumar devem ser evitados.

A área doadora de folículos capilares deve estar preparada para a retirada das unidades. Inclusive, é importante que o paciente não corte o cabelo muito curto nessa região, para que seja possível a retirada dos fios.

Cirurgia e pós- operatório

O paciente será sedado e uma anestesia local é utilizada para evitar o desconforto. O couro cabeludo ficará insensível à dor, porém, o paciente pode sentir alguns puxões. A anestesia geral poderá será aplicada se o caso for mais complexo.

O pós-operatório

Como toda cirurgia, existem os cuidados pós-operatórios. O médico especialista indicará medicamentos que ajudarão na recuperação e na dor. Nos primeiros dias, após o transplante capilar, o paciente deverá dormir com a cabeça elevada.

Sol, mar, areia, piscina e academia são proibidos pelo menos nos 5 primeiros dias. Em média 4 meses depois os efeitos começam a ser notados. O resultado final será visível em torno de um ano.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre o assunto? Acesse nosso Facebook. Lá você encontra dicas valiosas para tirar todas as suas dúvidas!

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Enquanto isso, saiba mais sobre Transplante Capilar e seus resultados.


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *