Como diminuir a testa com implante capilar

Muitas pessoas sentem-se incomodadas quanto ao tamanho da testa. Isso porque, a linha de frente da face é a parte que produz o padrão estético de moldura do rosto, e quando o recuo da linha é evidente, a desproporção acaba gerando um incômodo. A testa muito grande é sinônimo de autoestima baixa para muitas pessoas. Como a região pode acabar sendo desproporcional ao restante do rosto, causa grandes incômodos e diminuir a testa passa a ser um grande desejo.

Muitas pessoas tentam deixar o cabelo crescer na parte da frente, como forma de diminuir a testa. Além disso, quem sofre de calvície, tende a nem ter cabelo na parte da frente para disfarçar a testa alta. No entanto, a boa notícia é que esta não é a única maneira de resolver o problema. O implante capilar pode ajudar.

Como harmonizar a face e diminuir a testa

Principalmente as mulheres sentem-se muito incomodadas com o ângulo frontal da testa mais elevado, o que pode causar certa desproporção ao rosto. Nos últimos anos tem se falado muito sobre harmonização facial para tratar de características que podem incomodar o paciente. 

Um dos tratamentos que pode ajudar a diminuir a testa é o implante capilar. O procedimento cirúrgico consiste em trazer a linha capilar para frente, alinhando, em ângulo harmonioso, e conferindo um aspecto de maior proporcionalidade ao tamanho da testa e as demais medidas do rosto. Durante a cirurgia, os fios são retirados da região da nuca e transplantados na área receptora diminuindo a proporção da testa. 

Técnica que pode ser utilizada

A técnica de implante capilar mais recomendada para diminuir a testa é a FUE (Follicular Unit Extraction). Com ela é possível fazer um procedimento com o mínimo de cicatrizes e ainda atingir o objetivo de diminuir a testa.  O procedimento é um método que exige mais prática e habilidades do profissional, pois as unidades foliculares são removidas uma a uma da área doadora.

solicite um contato

O procedimento é feito através de pequenas incisões no tecido, que são tão imperceptíveis que o método ficou conhecido como “técnica de transplante capilar sem cicatriz linear”.

Para realizar o procedimento, o paciente precisa ter elasticidade no couro cabeludo. Vale lembrar que o método é pouco invasivo e apresenta um pós-operatório muito mais rápido se comparado com outras técnicas. O tratamento está entre os mais procurados, principalmente pelas mulheres como forma de diminuir a testa.

Indicações

O implante capilar pode ser feito em qualquer pessoa, homem ou mulher, que sofra de calvície ou que simplesmente queira apenas diminuir a testa, seja por queda de cabelo ou não.

No entanto, a estrutura capilar também precisa ser avaliada para verificar a saúde dos folículos para realizar o procedimento. Pacientes diabéticos e hipertensos estão aptos a efetuar o implante capilar, desde que seja devidamente monitorados pelo médico anestesista. 

Dr Raul Mauad
  • Doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo-USP (2003).
  • Especialista em Cirurgia Plástica pelo Serviço do Professor Ivo Pitanguy (1996).
  • Médico formado pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (1990), com Residência em Cirurgia Geral no Hospital da Clínicas da FMUSP-RP (1992).
  • Em 2010, estagiou no mais conceituado Centro Oncológico dos E.U.A, Huston- Texax, MD. Anderson Cancer Center- Departamento de Cirurgia Plástica sob a tutela do Prof. Dr. Geofrey Robb.
solicite um contato