Causas da calvície e como recuperar os fios

Fale Conosco Pelo Whatsapp

A calvície é um problema que afeta milhares de pessoas no mundo todo. Sejam homens e mulheres, ninguém está imune à queda de cabelo. No entanto, é normal que cerca de 100 fios de cabelo caiam por dia. Isso porque os fios passam por três ciclos: crescimento, repouso e queda. Por isso, a queda só vira um problema quando a quantidade de fios que caem passa a ser muito grande. Por isso, é necessário consultar um especialista para identificar as causas da calvície.

Principais causas da calvície

A queda de cabelo é mais comum em homens do que em mulheres. De acordo com uma pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica, cerca de 60% dos homens, com idade entre 18 e 60 anos, sofrem com a queda de cabelo. As causas da calvície são as mais variadas, no entanto, a maioria dos casos está ligada a fatores genéticos e hormonais.

Hereditariedade

A genética é uma das causas de calvície mais comum e a mais difícil de evitar, afinal, está diretamente associada a fatores genéticos e ao hormônio di-hidrotestosterona. Fique atento se seu pai ou avô tiveram problemas de queda de cabelo, provavelmente você também terá o mesmo problema.

Disfunções da tireoide são causas da calvície

Outra causa da calvície bem comum é a disfunção da tireoide. A glândula, que fica alojada no pescoço, é responsável pelo ritmo do organismo inteiro e com os processos de renovação capilar não é diferente.

Em resumo, se a tireoide fabricar doses elevadas de hormônios T3 e T4, resulta em uma reposição celular acelerada do couro cabeludo, causando a queda. Por outro lado, quando a glândula deixa de fabricar os hormônios, o fios acabam tendo dificuldade em se desenvolver, sendo essa outra causa da calvície.

Higiene dos cabelos

A higiene incorreta ou superficial dos cabelos pode ser uma das causas da calvície. Em resumo, não enxaguar direito os fios ao aplicar shampoo ou condicionador, causa o acúmulo do produto que interfere negativamente na saúde do couro cabeludo, deixando os fios mais fracos, resultando na queda.

Má alimentação

Uma alimentação ruim, à base de alimentos industrializados e com baixa proteína e nutrientes, interfere diretamente na saúde dos cabelos causando enfraquecimento e a queda. Por isso, é importante que seja adotada uma alimentação balanceada, rica em nutrientes como cálcio, zinco e magnésio. Essas substâncias estão diretamente ligados à saúde capilar.

Outros fatores como causas da calvície

Doenças autoimunes, estresse crônico, ovário policístico, micose, sífilis, doença renal crônica, problemas intestinais, tabagismo, anemia e muitos outros fatores também podem ser considerados causas da calvície.

Por isso, assim que começarem a aparecer os primeiros sinais da queda de cabelo, o paciente deve consultar um profissional especializado para diagnosticar adequadamente o problema e sugerir o melhor tratamento para o caso específico. Além disso, não é só a queda de cabelo que precisa ser tratada, mas também o causador dela.

Como tratar a calvície

Existem várias maneiras para tratar a calvície. Entretanto, a forma mais eficaz é o transplante capilar. Em resumo, trata-se de um tratamento cirúrgico em que o médico especialista remove as unidades foliculares uma a uma da área doadora. Em seguida, as unidades são transplantadas para a área receptora através de micro incisões no couro cabeludo. A principal indicação de transplante capilar é a causa da calvície de origem genética.

Entretanto, em qualquer outra causa é possível resolver com o procedimento. Aliás, não existe idade mínima para a cirurgia, leva-se apenas em consideração a presença de área calva. Portanto, pacientes jovens podem ser submetidos ao procedimento.

E então, agora que você já sabe o que pode desencadear a calvície e o que fazer para recuperar os fios, visite nosso Facebook e curta a fanpage para ter mais informações a respeito do tema.

Fale Conosco Pelo Whatsapp


Enquanto isso, saiba mais sobre Transplante Capilar e seus resultados.


(Preencha, envie e aguarde a confirmação)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *